Do projeto à construção, da poeira à realidade, a grama, os monumentos. Quem vê, se aproxima, quem vem, fica. Brasília 60 anos, parabéns

Higino França